Vitória é um município com uma diversidade muito peculiar, seja pela natureza belíssima ou pelas artes e peças de teatro que apresentam dur...

L.C.N.

5/23/2014 , , 0 Comentários


Vitória é um município com uma diversidade muito peculiar, seja pela natureza belíssima ou pelas artes e peças de teatro que apresentam durante todo o ano. O que mais me agrada, é a oportunidade privilegiada que tenho de observar o mar de cima da terceira ponte, enquanto estou dentro do ônibus, seja indo trabalhar ou voltando para casa. O mar reflete uma calmaria incrível, mesmo que passemos um dia estressante, aquela paisagem faz a gente se sentir nas nuvens.

Para completar o cenário, o município é arborizado (o que é muito importante do ponto de vista ecológico e turístico). Circulando pelas ruas da cidade, é possível observar a sombra das lindas árvores que se encontram na Praça do Papa e na Praça dos Namorados embelezando ainda mais a paisagem. O Parque Botânico da Vale e a Pedra da Cebola são outros espaços bem prazerosos para passear com os amigos, realizar piquenique com a família e curtir a paisagem caminhando também.

A Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) é um ótimo espaço para realizar diversas atividades, incluindo as que nos faz ter um contato maior com o meio ambiente. Podemos ter o privilégio de olhar e sentir o cenário da natureza que existe dentro da universidade: seja colhendo jabuticabas, alimentando os saguis ou expulsando os caranguejos da sala de aula para o mangue aterrado dentro do campus.

As peças de teatro realizadas na UFES são ótimas, além de serem abertas também ao público de fora. Gosto muito de ir ao Palácio Anchieta e ao Museu de Arte do Espírito Santo, assistir as exposições de arte e outras temáticas culturais que os dois espaços apresentam, são simplesmente incríveis.

Vitória tem um problema muito sério em relação ao trânsito: é muito desorganizado e infelizmente não tem mais espaço para crescer. Durante o trajeto de ônibus, observo muitas pessoas falando ao celular e completamente desatentas ao trânsito.

Nem sequer se dão o trabalho de olhar para frente, prestar atenção no semáforo e nas sinalizações da faixa de pedestres que as pessoas atravessam diariamente. O que acaba sendo um fator relevante para um maior índice de acidentes entre motoristas e pedestres.

Outro ponto também é a questão da violência, temos uma incidência muito alta de furtos e assaltos à mão armada, e como a cidade funciona sendo uma ponte de entrada para os municípios adjacentes acaba sendo também porta para o tráfico de drogas, armas e ainda funciona como refúgio para os bandidos.

O policiamento da capital do Espírito Santo não é ruim, mas as brechas que existem nas leis acabam fazendo a polícia se passar por incompetente e os bandidos ainda continuam soltos por aí matando vítimas inocentes sem serem punidos por isso e outros crimes.

A saúde pública não é uma das melhores, existem alguns possíveis fatores que contribuem para isso: como baixos salários e escassez de funcionários e o desvio de verba, que deveria ir para compra de leitos em hospitais, equipamentos modernos para se realizar alguns exames, materiais para trabalho, seringas e agulhas, os medicamentos para os pacientes, etc…

Apesar de todos esses fatores negativos apresentados, Vitória ainda é um bom município de se morar, porque problemas todas as cidades tem, nenhuma é perfeita. E com muito trabalho e força de vontade é possível superar essas barreiras para que o brilho da capital não se apague nunca.


---------
© 2014 Texto com direitos autorais em vigor. A utilização / divulgação sem prévia autorização dos detentores configura violação à lei de direitos autorais e desrespeito aos serviços de preparação para publicação.
---------

Estação Capixaba

Estação Capixaba é o site voltado para a cultura, história e geografia do Espírito Santo e que busca resgatar, produzir, sistematizar, preservar e divulgar informações nessas áreas, sejam elas de autores locais ou não.

0 comentários :