AMADEU, Amadeu. Tradições populares . São Paulo, 1948. ANDRADE, Manoel J. Folklore de la Republica Dominicana . Truji1lo, 1948. ANDRADE...

Bibliografia

1/01/2016 0 Comentários


AMADEU, Amadeu.Tradições populares. São Paulo, 1948.

ANDRADE, Manoel J. Folklore de la Republica Dominicana. Truji1lo, 1948.

ANDRADE, Mário de. Namoros com a Medicina. Porto Alegre, 1939.

ASSIS, Machado de. Quincas Borba.Rio de Janeiro: Garnier.

AULETE, Caldas. Dicionário contemporâneo da língua portuguesa. 2. ed. Lisboa, 1925.

BALLESTEROS, José Perez. Cancionero popular gallego. Buenos Aires, 1942 [Coleção Dorna].

BENAGES, Juan Suñé. Refranero clasico. Buenos Aires, 1941.

BÍBLIA Sagrada. Tradução de A. Pereira de Figueiredo. Lisboa, 1892.

CABALLERO, Fernán. Cuentos y poesias andaluces. Leipzig, 1887.

CABRAL, Oswaldo. "A medicina caseira". Separata da Revista Douro-Litoral, VII-VIII, Porto.

CAMÕES Lírico. Lisboa, 1923 [Coleção Agostinho de Campos, vol. 1].

CAMÕES, Luís de. Obras completas. Lisboa, 1946, [Coleção Clássicos Sá da Costa, vol. III].

CAMPOS, Agostinho de, d'OLIVEIRA, Alberto. Mil trovas. Lisboa, 1937.

CARRIZO, Juan Alfonso. Cancionero popular de Tucuman. Buenos Aires, 1937 [Tomo II].

CASCUDO, Luís da Câmara. Antologia do folclore brasileiro. São Paulo, 1943.

___. Anubis e outros ensaios. Rio de Janeiro, 1951.

___. "Atirei um limão verde...". Revista Douro-Litoral, V-VI, 4ª série, Porto, 1952.

___. "Com D. Quixote no folclore do Brasil". Dom Quixote de La Mancha, Rio de Janeiro: José Olímpio, 1952 [tomo I].

___.Literatura oral. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1952.

CASTELO BRANCO, Camilo. Coração, cabeça e estômago. 3. ed. Lisboa, 1907.

___. Duas horas de leitura. 5. ed. Lisboa, 1914.

___.A filha do arcediago. Lisboa, 1918.

CERVANTES, Miguel de. EI ingenioso hidalgo Don Quixote de La Mancha. Barcelona, 1897. [Edição facsimilada da de 1608; tomos I e II].

___. Entremeses. Buenos Aires, 1947 [Coleção Austral].

CHAVES, Pedro. Rifoneiro português. 2. ed. Porto, 1945.

CLÁUDIO, Afonso. Trovas e cantares capixabas. Rio de Janeiro, 1923.

CORMENIN. Colóquios aldeões. Tradução de A. Feliciano de Castilho [Edição brasileira].

CORTESÃO, Jaime. O que o povo canta em Portugal. Rio de Janeiro, 1942.

COSTA, Pereira da. "Folk-lore pernambucano". Revista IHGB, tomo LXX, Rio de Janeiro, 1908, 2ª parte.

DELICADO, Antônio. Adágios portugueses reduzidos a lugares comuns. Lisboa, 1923.

DIAS, Jaime Lopes. Etnografia da Beira. Lisboa, 1935 [Vol. VIII].

FARIA, Alberto. Aérides. Rio de Janeiro, 1918.

FERRÃO, Antonio Duarte. Palito métrico. Coimbra, 1912.

FIGUEIREDO, Antero. Jornadas em Portugal. 4. ed. Lisboa.

FIGUEROA, R. Olivares. Folklore venezolano. Caracas, 1948.

FRANCESCHI, G. Proverbi e modi proverbiali italiani. Milão, 1908.

FRANCESCO, G. de. "Os santos como auxiliares nas enfermidades". Actas Ciba, 4-5, abril-maio 1943, ano X.

FRAZÃO, Manoel José Pereira. Provérbios da língua portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro, 1894.

FRAZER, James George. La rama dorada. México, 1944.

FREITAS, Afonso A. de. Tradições e reminiscências paulistanas. São Paulo, 1921.

GARCIA, Angélica Resende. Nossos avós contavam e cantavam. Belo Horizonte, 1949.

GOMES, Antônio Osmar. "Tradições populares colhidas no baixo São Francisco". Anais do I Congresso Brasileiro de Folclore, vol. II, Rio de Janeiro, 1953.

GRAÇA, Fernando Lopes. A Canção popular portuguesa. Lisboa, s/d [Coleção Saber].

ISLA (Pe.). Historia dei famoso predicador fray Gerundio de Campazas. Leipzig, 1885.

LEBRE, José da Fonseca. Locuções e modos de dizer usados na província da Beira Alta. Lisboa, 1924.

LIMA, Augusto César Pires de. Estudos etnográficos, filológicos e históricos. Porto, 1947 [vol. IV].

___. O livro das adivinhas. Porto. 1943.

LIMA, Fernando e Joaquim Alberto Pires de. Romanceiro minhoto. Porto, 1943.

___. Tradições populares de Entre-Douro-e-Minho. Barcelos, 1938.

LIMA, Fernando de Castro Pires de. Cantares do Minho. Barcelos, 1937.

LOBO, Francisco Rodrigues. A corte na Aldeia. Lisboa, 1945 [Coleção Sá da Costa].

LUCAS, Castillo de. Refranerillo de buen beber. Revista Hostar, n° 13, Ano II, Madri, agosto 1951.

MARÍN, Francisco Rodríguez. 12.600 refranes más. Madri, 1930.

___. Cantos populares españoles. 2. ed. Madri, 1951 [tomo I].

___. Maravilla, que será?. Buenos Aires, 1944.

MELO, Francisco Manoel de. Apológos Dialogais. Rio de Janeiro, 1920 [Reprodução do texto da edição de 1721].

___. A feira de anexins. Lisboa, 1916.

MELO, José Maria de. Enigmas Populares. Rio de Janeiro, 1950.

MELO, Veríssimo de. Adivinhas. Natal, 1948.

MENENDEZ, Peloyo (ed.). La Celestina. Buenos Aires, 1947 [Coleção Austral].

MORAIS, Antônio. Dicionário da língua portuguesa. Edição facsimilada da 2ª de 1813.

NASCENTES, Antenor. Tesouro da fraseologia brasileira. Rio de Janeiro, 1945.

OLIVEIRA, Cavaleiro de. Cartas. Lisboa, 1942 [Coleção Clássicos Sá da Costa].

PAÇO, Afonso. "Cancioneiro popular ribatejano". Revista Douro-Litoral, I-II, 5ª série, Porto, 1952.

PAÇO, Afonso. Cancioneiro de Viana do Castelo. Braga, 1928.

PEIXOTO, Afrânio. Missangas. São Paulo, 1931.

RIBEIRO, João. O Folk-lore. Rio, 1919.

___. Frases-feitas. Rio de Janeiro, 1908 (1ª série).

ROJAS, Fernando. La Celestina. Madri, Julio Cejador, 1931 [2 volumes].

ROMERO, Sílvio. Cantos populares do Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro, 1897.

RUFFAT, A. La superstition à travers les âges. Paris, 1951.

SANTOS NEVES, Guilherme. Cancioneiro capixaba de trovas populares. Vitória, 1949.

SÉBILLOT, Paul-Yves. Le folklore de la Bretagne. Paris, 1950.

VAN GENNEP. Manuel de folklore français contemporain. Paris, 1943.

VASCONCELOS, Jorge Ferreira de. Comédia Eufrosina. Lisboa, 1919 [conforme a edição de 1561, Ed. Academia Ciências de Lisboa].

VASCONCELOS, Leite de. Opúsculos — Etnologia. Lisboa, 1938. [Vol. VII, 2ª parte]

___.Etnografia portuguesa. Lisboa, 1942, 1933, 1942. [3 volumes]

VICENTE, Gil. Obras completas. Lisboa, 1942, III, 1943; V, 1944. [Coleção de Clássicos Sá da Costa, vol. II]

ZEFERINO, Francisco Rey de Abreu (Fr.). Anatomico jocoso. Lisboa, 1755 [tomo I].



[Alto está e alto mora — Nótulas de folclore. Vitória: edição do autor, 1954.]

Guilherme Santos Neves foi pesquisador do folclore capixaba com vários livros e artigos publicados. (Para obter mais informações sobre o autor e outros textos de sua autoria publicados neste site, clique aqui)

Estação Capixaba

Estação Capixaba é o site voltado para a cultura, história e geografia do Espírito Santo e que busca resgatar, produzir, sistematizar, preservar e divulgar informações nessas áreas, sejam elas de autores locais ou não.

0 comentários :