O presente trabalho constitui, a bem dizer, uma continuação da obra A Colonização Alemã no Espírito Santo, de Ernst Wagemann, já publicada p...

Explicação do tradutor

1/01/2016 , 0 Comentários

O presente trabalho constitui, a bem dizer, uma continuação da obra A Colonização Alemã no Espírito Santo, de Ernst Wagemann, já publicada pelo Conselho Nacional de Geografia.

Wagemann estudou o povoamento teuto, naquele estado, desde o ano de 1947 até 1912. Gustav Giemsa e Ernst G. Nauck prosseguiram as pesquisas sobre a matéria, até 1938. Os estudos portanto, abrangem quase um século de existência da colonização teuta naquela área.

Acentua, ainda, o interesse por este trabalho, terem seus autores levado em conta ângulos novos nas suas observações.

O objetivo desta publicação não poderia ser outro que o de proporcionar documentação aos estudiosos dos problemas de colonização em nosso país. Sendo a ciência uma contínua revisão de resultados, caber-lhes-á, através de suas investigações, completar ou corrigir os dados ou conclusões apresentados pelos autores.

Reginaldo Sant'Ana



[GIEMSA, Gustav, NAUCK, Ernst G. Uma viagem de estudos ao Espírito Santo: pesquisa demo-biológica, realizada, com o fim de contribuir para o estudo do problema da aclimação, numa população de origem alemã, estabelecida no Brasil Oriental. Trabalho publicado pela Universidade de Hanseática, Anais Geográficos (continuação dos Anais do Instituto Colonial de Hamburgo, vol. 48), série D, Medicina e Veterinária, vol. IV, Hamburgo, Friederichsen, De Gruyter & Co., 1939, traduzido para o português por Reginaldo Sant'Ana e publicado no Boletim Geográfico do Conselho Nacional de Geografia, n. 88, 89 e 90, 1950].

Estação Capixaba

Estação Capixaba é o site voltado para a cultura, história e geografia do Espírito Santo e que busca resgatar, produzir, sistematizar, preservar e divulgar informações nessas áreas, sejam elas de autores locais ou não.

0 comentários :