Professor Guilherme Santos Neves entre suas alunas do Colégio do Carmo durante trabalho de pesquisa folclórica. Anos 1950. Projeto ap...


Professor Guilherme Santos Neves entre suas alunas do Colégio do Carmo durante trabalho de pesquisa folclórica. Anos 1950.
Professor Guilherme Santos Neves entre suas alunas do Colégio do Carmo durante trabalho de pesquisa folclórica. Anos 1950.
Projeto aprovado na Lei Rubem Braga no ano de 2014, foi realizado com a participação do INSTITUTO PHOENIX CULTURA, recursos da PREFEITURA DE VITÓRIA / LEI RUBEM BRAGA e apoio da SPASSU TECNOLOGIA, e apresenta ao público parte do acervo da família Santos Neves, composto de apontamentos que iniciam no ano de 1943 e vão até 1959 feitos por alunas que cursavam o Ginásio e o Normal (formação para professoras) do antigo Colégio do Carmo, de Vitória, ES.

Esses apontamentos integraram as atividades da disciplina de Português, ministradas pelo professor e também folclorista Guilherme Santos Neves, o mesmo que a 23 de agosto de 1952 criaria o Centro de Pesquisas Folclóricas do Colégio do Carmo[ 1 ] inspirado por Renato de Almeida, outro grande folclorista brasileiro ao qual o professor Guilherme esteve ligado pelo interesse comum.

O trabalho consistiu de várias etapas. A primeira delas foi o inventário detalhado, com indicações de assuntos, autorias, locais de ocorrência e data. Passou-se então à etapa seguinte, de preparação dos documentos, amenizando-se vincos de dobras e realizando-se pequenos reparos com utilização de Document Repair Tape.Carmo[ 2 ]  Em seguida procedeu-se à digitalização completa de todos os documentos (1.650 itens), perfazendo o total de 3.934 páginas / arquivos JPG coloridos e em alta resolução (300ppi), matrizes para preservação. Posteriormente os arquivos foram tratados para publicação na internet com acertos de bordas, redução de tamanho e resolução, incorporação de contraste e nitidez, salvando-se separadamente em JPG de 100ppi. O trabalho com as imagens foi finalizado pela integração das páginas de cada documento e criação de arquivos PDF para publicação no site. Após todas estas etapas foram então criadas as páginas de internet e publicadas em nosso site.

Equipe técnica:


Concepção do Projeto
Maria Clara Medeiros Santos Neves

Inventário, digitalização, tratamento de imagens 
e preparação de páginas para internet
Maria Clara Medeiros Santos Neves

Estudo Introdutório

Preparação dos documentos para digitalização


______________________________

NOTAS


[ 1 ] Ver Revista Excelsior, dez. 1952.
[ 2 ] Fita apropriada para preservação de documentos.

---------------------------------------------

SUMÁRIO


Introdução

Um filão farto de folclore capixaba: o Colégio do Carmo (Luiz Guilherme Santos Neves)

Inventário do acervo

Arquivos PDF dos documentos

Imagens da pesquisa de campo

Revista Excelsior, dez. 1952

A Gazeta, Caderno Pensar, 23/01/2016

Um inventário de registros folclóricos [Texto de Luiz Guilherme Santos Neves lido no evento de lançamento do Projeto PRESERVAÇÃO E DIVULGAÇÃO DE REGISTROS DO FOLCLORE CAPIXABA, ocorrido no dia 28 de janeiro de 2016, no auditório da Biblioteca Pública do Espírito Santo]

[Publicado originalmente no site Estação Capixaba em 28/01/2016]


© 2016 Estação Capixaba - Todos os direitos de reprodução a partir das imagens digitalizadas e tratadas, assim como estudos e demais textos produzidos especialmente para esta publicação online estão reservados exclusivamente para o site ESTAÇÃO CAPIXABA (www.estacaocapixaba.com.br).




Estação Capixaba

Estação Capixaba é o site voltado para a cultura, história e geografia do Espírito Santo e que busca resgatar, produzir, sistematizar, preservar e divulgar informações nessas áreas, sejam elas de autores locais ou não.

Um comentário :