Miguel Arcanjo Marvilla de Oliveira nasceu em Marataízes, ES, em 29 de setembro de 1959 e faleceu em Vitória, em 2009. Mudou-se com os p...

Miguel Marvilla - Biobibliografia



Miguel Arcanjo Marvilla de Oliveira nasceu em Marataízes, ES, em 29 de setembro de 1959 e faleceu em Vitória, em 2009. Mudou-se com os pais para Vitória em 1964. Com a separação dos pais, foi internado no Orfanato Cristo Rei.

Em 1978 fez amizade com o poeta e dramaturgo Oscar Gama Filho, que viria a ter grande influência em sua atividade como poeta.

Concluiu em 1996 o curso de graduação em Letras-Inglês na Ufes e cursou o mestrado em História na mesma universidade.

Publicou:

De amor à política, edição mimeografada, em parceria com Oscar Gama Filho, 1979;
A fuga e o vento, edição mimeografada, 1980;
Exercício do corpo, edição mimeografada, 1981;
Os mortos estão no living, contos, Fundação Ceciliano Abel de Almeida/Ufes, 1988;
Lição de labirinto, poesia, Fundação Ceciliano Abel de Almeida/Ufes, 1989;
Tanto amar, poesia, 1991;
Sonetos da despaixão, 1996;
Dédalo, poesia, 1996; segunda edição, 2001;
Jardins de Vitória, em parceria com Rosemary B. Grigato, na coleção Cadernos do meio ambiente, Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura de Vitória, 1998;
Nelson Abel de Almeida: um homem e o espírito de um lugar, biografia, com que venceu concurso literário promovido pela Academia Espírito-santense de Letras e pelo Instituto Nelson Abel de Almeida;
Luísa, Juliana, Sigmund, ensaios de literatura, em parceria com Cláudia Bravim, Florecultura, 2001.

Como organizador:

Escritos entre dois séculos, coletânea de autores capixabas, em parceria com Maria Helena Teixeira de Siqueira, Florecultura, 2000;
A parte que nos toca, coletânea de autores capixabas, em parceria com Reinaldo Santos Neves, Florecultura, 2000;
Crônicas escolhidas, de José Carlos Fonseca, Florecultura, 2000;
Alguns de nós, coletânea de autores capixabas, Florecultura, 2002.

Miguel Marvilla fez parte do Grupo Letra, na década de 1980, juntamente com Renato Pacheco, Luiz Busatto, José Augusto Carvalho, Reinaldo Santos Neves, Marcos Tavares e Oscar Gama Filho. Foi criador e editor, no início dos anos 90, da coleção literária Palavras da Cidade, de que saíram várias edições com a marca da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Vitória. Fez teatro como ator e diretor. Foi membro da Academia Espírito-santense de Letras, onde tomou posse em 1991. Foi co-editor, com Adilson Vilaça, da revista Você, da Secretaria de Cultura da Universidade Federal do Espírito Santo, de 1996 a 1998. Foi fundador, juntamente com Christoph Schneebeli, e gerente editorial da Florecultura Editores. Recebeu vários prêmios literários, entre os quais o Prêmio Geraldo Costa Alves, da Fundação Ceciliano Abel de Almeida/Ufes, por seu livro de poemas Lição de labirinto.

Sobre sua obra a Secretaria de Cultura da Prefeitura de Vitória publicou em 2001 Dédalo no centro do labirinto, sétimo volume da Coleção Roberto Almada, com seleção de textos, notícia biográfica e estudo crítico por Joana D’Arc Baptista Herkenhoff.


                               Visite o Repertório Literário deste autor.


Estação Capixaba

Estação Capixaba é o site voltado para a cultura, história e geografia do Espírito Santo e que busca resgatar, produzir, sistematizar, preservar e divulgar informações nessas áreas, sejam elas de autores locais ou não.

0 comentários :